10 dicas para destruir a celulite
Please reload

Posts Recentes

10 dicas para destruir a celulite

January 5, 2018

 

 

 

A dica de hoje é pra você mulher, guerreira, que faz dieta, frequenta a academia 5x na semana e mesmo assim tem como melhor amiga a celulite.

 

A celulite é classificada em três graus e cada tratamento será mais indicado dependendo do grau que sua celulite está.

 

Grau 1. A celulite aparece quando a pele é apertada;

 

Grau 2. Diferente do grau 1, a celulite já é notada sem estímulo da pele;

 

Grau 3. Além de parecer os furinhos mas fundos, pôde-se sentir uma sensação de dor.

 

Após a avaliação do grau da sua celulite, é hora de escolher o tratamento mais adequado.

 

 

1. Drenagem linfática

 

Indicada para todos os tipos de celulite, ela consiste em uma massagem local, quebrando nódulos de gordura, eliminando líquido e melhorando a circulação sanguínea;

 

2. Massagem modeladora

 

Assim como a drenagem linfática, a modeladora também trabalha o sistema linfático, porém, como é uma massagem mais firme, ativa mais a gordura, promovendo vasodilatação e oxigenação no local. Também melhora o aspecto da flacidez na pele. Indicada para todos os graus.

 

3. Creme anticelulite

 

Indicada para celulite leve ou para manutenção de outros procedimentos estéticos.

O mercado oferece opções com retinoides, castanha da Índia, extrato de chá verde e diversas outras composições. Em geral, eles promovem a quebra da gordura local, a melhora da microcirculação e o estímulo à produção de colágeno, o que melhora a celulite.

 

4. Endermologia

 

O procedimento não invasivo é realizado a partir de um aparelho motorizado acompanhado de rolos que causam sucção local, combinado de uma esfoliação para eliminação de células mortas.

Indicado para grau moderado e grave.

 

5. Radiofrequência

 

Considerado o melhor tratamento contra celulites, além de não ser invasivo é o mais duradouro. Indicado para casos associados com flacidez, por conta da alta produção de colágeno.

O aparelho envia radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura.

 

6. Mesoterapia

 

A técnica é composta por coquetéis de medicamentos e aplicado no local com o auxílio de uma seringa.

Sua utilização é bem minuciosa, pois, se não aplicada corretamente, pode ocorrer reação contrária.

 

7. Laser

 

Uma outra técnica mais invasiva, que precisa de uma anestesia local. Sua aplicação ocorre por meio de duas pequenas incisões (do tamanho da ponta de uma caneta), são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho. Em seguida, o laser é aplicado, destruindo a gordura localizada e quebrando septos fibrosos que deixam a pele com aspecto irregular.

Ativa produção de colágeno, melhorando o aspecto de flacidez da pele.

Esse processo demora em torno de uma hora e meia para ser concluído.

 

8. Carboxiterapia

 

Apesar de ser indicada para todos os tipos de celulite, sua utilização inicial era para úlcera na pele.

Seu princípio ativo é o dióxido de carbono, que causa melhorias na circulação sanguínea e a oxidação dos tecidos.

Por ser um método invasivo e pouco estudado para celulite, alguns dermatologistas ainda não o recomendam.

 

9. Ultrassom com lipolíticos

 

A promessa é ser mais eficaz que os ultrasons convencionais. O tratamento provoca modificações nas ligações intercelulares e aumentar a permeabilidade da membrana celular.

Ainda não se sabe a real eficácia do tratamento, mas eu particularmente gostei muito dele, apesar de não ter feito os outros procedimentos.

Além de rápido, e não invasivo, consegui uma melhora significativa nos aspectos das minhas celulites (grau 1 e 2). Ainda obtive uma diminuição de medidas de 3 a 5 cm na região aplicada (coxa e bumbum). Foram dez sessões, duas vezes na semana, com duração de 10 minutos.

 

10. Gesso Lipo redutor

 

O último mas não menos importante, o gesso lipo redutor é uma mistura de substâncias que endurecem quando aplicada na pele, promovendo aquecimento, vasodilatação e melhora na absorção dos princípios ativos, no caso, a cafeína.

Teoricamente, a cafeína atuaria quebrando a gordura, estimulando a microcirculação e drenando o líquido acumulado.

Teoricamente, porque esse método não é reconhecido cientificamente, porém, não custa tentar né?!

 

Agora você não tem mais desculpa de não se livrar da casca de laranja que não lhe pertence.

Procure uma dermatologia de confiança e agregue alguns desses tratamentos com uma boa alimentação e treino pesado.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Para que você adquira 100% dos resultados é necessário o acompanhamento médico.

Ao adquirir o e-book, você aceita, concorda e entende que você é totalmente responsável por seu progresso e resultados de sua participação e que nós não oferecemos nenhuma representação, garantia ou garantias verbalmente ou por escrito sobre seus ganhos, ou resultados de qualquer tipo

© 2018 Pâmela Damasceno - Personal Trainer | Todos os direitos reservados.

  • facebook (1)
  • instagram (1)
  • youtube (2)
Logo2.png